DA IDEIA AO BLOG

O começo de qualquer publicação é o desejo de compartilhar. Depois da ideia, escolhe-se a plataforma. O texto muitas vezes tomará determinado formato de acordo com essa escolha: diário, jornal, livro, revista, blog… e para cada escolha existem ferramentas necessárias.

A opção pelo site começa como um desafio, pois o domínio dos recursos vai além de papel e caneta e adentra o universo de linguagens de programação, uso de softwares e outras coisas que não estamos acostumados. Porém, as plataformas disponíveis de blogs  vêm para agilizar o processo, oferecendo praticidade  e bons resultados estéticos. Os provedores facilitam tudo com tutoriais em vídeo e menus de rápido acesso, para que não fiquemos perdidos em linguagem de programação.

Getting starded

Existem diversos provedores disponíveis, no caso a escolha foi WordPress.

Antes de qualquer coisa, pense em um nome para a sua página. O título é essencial para a apresentação do conteúdo. Tem que possuir um bom apelo, ser atraente e interessante. A escolha pode ir desde – o chato – seu nome até algo metafórico e pessoal.

Para começar de verdade, acesse a página https://pt-br.wordpress.com/signup/ e complete as lacunas como a figura abaixo:

Ao clicar em “Criar blog”, em laranja, mais abaixo, começará a confecção do site.

Você pode assistir o vídeo oferecido pela WordPress na página principal da sua plataforma de edição do blog – vulgo Dashboard –  ou seguir os passos do tutorial montado a seguir.

Tutorial básico

Ao lado do vídeo, clique em “General Settings”.

Nessa página você fará configurações simples, mas essenciais, como data e hora. É nela também que futuramente você poderá alterar seu título, descrição e colocar um ícone para o site (a imagenzinha que aparece junto do nome do blog na aba do navegador).

Agora vem uma parte essencial, a escolha do template. O template é o layout da página, a parte estética. Existem mais de 100 opções de desing de templates oferecidos pela WordPress.

Ao clicar no menu “Aparência” na barra lateral esquerda, automaticamente você tem acesso aos modelos disponibilizados. Você pode visualizá-los antes para ter uma noção em escala real do resultado da sua página e depois ativar o que selecionar como preferido.

Não se importe com a imagem e a cor de fundo, essas coisas podem ser alteradas. Porém as outras cores do tema (caixas, títulos etc) ficam como no modelo, então escolha algo que te agrade quase que completamente.

Para alterar a imagem e a cor de fundo acesse os menus “Cabeçalho” e “Fundo”.

Lembrando que é importante saber o tamanho da imagem antes de enviar. No caso do tema Fruit Shake, é de 980 x 285 px.

Para escolher a cor de fundo, o Adobe photoshop é a solução mais simples.

Escolha a cor no software, entre no menu de detalhamento de cores e copie o código dado. No menu “Fundo”, a inserção desse dado é bem simples (lembre-se de não apagar o # que já vem escrito na caixa) e dá opção também de carregar alguma imagem para esse plano.

Veja os grandes resultados dessas simples alterações AQUI e depois comece o seu!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s